A percepção da moda sem gênero na visão do público.

Rafhaela Luvison Perlin, Virginia Borges Kistmann

Resumo


Este trabalho apresenta um estudo teórico sobre a temática da moda sem gênero, com base na percepção do público em geral. Em busca de uma expressão alternativa da moda, adequada à subjetividade fluida, plural, mutante: desterritorializada, a pesquisa aqui relatada foi guiada pelo seguinte questionamento: o vestuário sem gênero tem contribuído com a expressão da subjetividade desterritorializada? Para a obtenção dos resultados, utilizou-se de uma pesquisa bibliográfica e de uma pesquisa de campo em meio eletrônico. Os resultados obtidos indicam, de modo geral, que a moda sem gênero, sim, tem promovido maior liberdade de expressão e participa efetivamente na expressão da subjetividade desterritorializada.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M.V. Gênero, Masculinidade e Poder: revendo um caso do sul de Portugal. Anuário Antropológico, Brasília, v.95, p.161-190, 1996.

ANDRADE, Deri. Unissex, plurissex: a moda sem gênero. ITS, 26 maio 2015. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2016

ARVANITIDOU, Zoi; GASOUKA, Maria. Fashion, Gender and Social Identity. Fashion Colloquia, London, p.1-19, 2011.

BOAS, Eduardo Vilas. Como a moda sem gênero vai afetar o guarda-roupas masculino?. Estadão, São Paulo, 30 mar. 2016. Disponível em: < www.vida-estilo.estadao.com.br/blogs/a-moda-deles/como-a-moda-sem-genero-vai-afetar-o-guarda-roupas-masculino/>. Acesso em: 2 set. 2016

BRITTO, Patrícia; REIS, Lucas. Por pressão, planos de educação de 8 Estados excluem 'ideologia de gênero'. Folha de S. Paulo, São Paulo, 25 jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 1 set. 2016.

BRITO, M.R. Dialogando com Gilles Deleuze e Félix Guattari sobre a ideia de Subjetividade Desterritorializada. ALEGRAR, Curitiba, n.09, p.1-27, jun.2012

CHUNG, Madelyn. Zara Launches Gender-Neutral Clothing Line Named 'Ungendered'. Huffington Post, Ottawa, 03 abr. 2017. Disponível em: . Acesso em: 1 set. 2016

CORREA, Fabiana. Moda sem gênero?. Estadão, São Paulo, 24 mar. 2016. Disponível em: < www.vida-estilo.estadao.com.br/blogs/moda-na-pratica/moda-sem-genero/>. Acesso em: 2 set. 2016

CRANE, Diana. A moda e seu papel social. São Paulo: Senac, 2006.

FACEBOOK. Homens de Saia. Disponível em: . Acesso em 28 set. 2016

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GIUSTI, Iran; PAUL, Flora. Tentamos criar looks sem gênero com a nova coleção da C&A. BuzzFeed, 29 mar. 2016. Disponível em: < www.buzzfeed.com/irangiusti/testamos-roupas-cea?utm_term=.amOv9Qv6W#.bnJwn9wEL>. Acesso em: 2 set. 2016

GIUSTI, Iran; PAUL, Flora. Testamos o cropped masculino e levamos uns xingos. BuzzFeed, 28 out. 2015. Disponível em: . Acesso em: 26 set.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.