Negociações no processo de design: Um estudo sobre a perspectiva do cliente na validação do projeto

Daniela Sperb Moraes, Guilherme Corrêa Meyer Meyer

Resumo


Nas negociações do processo projetual, o designer precisa lidar com as expectativas dos atores envolvidos. Reconhecendo a importância do cliente entre esses atores, procuraremos investigar seu papel no processo de validação de uma proposição de design. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória que utilizou de entrevistas em profundidade com clientes de empresas representativas do universo moveleiro da Serra Gaúcha. Foram considerados “clientes”, aqueles responsáveis pela aprovação da proposição de design. Os resultados das entrevistas foram tratados por meio de Análise de Conteúdo e mostram aspectos presentes no processo de validação: 1) grupos heterogêneos, compostos por participantes de diferentes áreas das organizações, são formados para aprovar as proposições; 2) a validação não ocorre em um momento específico, mas ao longo de todo o processo projetual; 3) alguns aspectos da relação entre o cliente e o designer, bem como os motivos pelos quais o designer é contratado, podem influenciar consideravelmente a validação do projeto.

Palavras-chave


Validação no Design, Relação cliente X designer, Perspectiva do Cliente

Texto completo:

PDF

Referências


BAUER, M. W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Tradução de Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2002.

BAXTER, Mike, Projeto de produto: guia prático para o design de novos produtos. São Paulo: Blucher, 2011.

BÜRDEK, Bernhard E. Design: história teoria e prática do design de produtos. São Paulo: E. Blücher, 2010.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

CROSS, N. How designers think. In: Design thinking: understanding how designers think and work. cap. 4. New York: BERG, 2011.

DEN OUDEN, Elke. Innovation design. Creating value for people, organizations and society. London: Springer-Verlag, 2012.

DESERTI, A. Intorno al progetto: concretizzare l’innovazione. In: CELASCHI, F.; DESERTI, A. Design e innovazione: strumenti e pratiche per la ricerca applicata. Roma: Carocci Editore, 2007.

EXNER K. et. al. Validation of product-service systems – a prototyping approach. In: HODA, E. (Ed.). Product Services Systems and Value Creation. CIRP Conference on Industrial Product-Service Systems. 6., p. 68-73, 2014. Windsor: Elsevier B. V., 2014.

GREEN, Graham. Experimental validation of the R³I design evaluation methodology. J. Design Research, v. 9, n. 1, p. 1-15, 2011.

KELLEY, Tom; KELLEY, David. Creative confidence: unleashing the creative potential within us all. New York: Crown Publishing Group, 2013.

KRIPPENDORFF, K. The semantic turn. A new foundation for design. Boca-Raton: Taylor & Francis, 2006.

LAN, André; ARTEAU, Jean; SIRARD, Christian. Method for validating a multi-component safety system. Safety Science, v. 42, p. 493-517, 2004.

LE DANTEC, Christopher; YI-LUEN DO, Ellen. The mechanisms of value transfer in design meetings. In: Design Studies. v. 30, n. 2, p. 119-137, 2009.

LOVE, Terence. Philosophy of design: a metatheoretical structure for design theory. Design Studies, v. 21, n. 3, p. 293-313, 2000.

MATTELMÄKI, Tuuli; VAAJAKALLIO, Kirsikka; KOSKINEN, Ilpo. What happened to empathic design? Design Issues, v. 30, n. 1, p. 67-77, 2014.

MC DONNELL, Janet. Collaborative negotiation in design: a study of design conversations between architect and building users. CoDesign, v. 5, n. 1, p. 35-50, 2009.

MERRIAM-WEBSTER’S COLLEGIATE. Dictionary online edition. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014a.

______. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014b.

MEYER, Guilherme Corrêa. Conflito, negociação e transformação: o designer e o processo de desenvolvimento de produto. 2010. Tese (Doutorado) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação em Design.

MORAES, Roque. Análise de conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999.

PEDERSEN, Kjartan et. al. Validating design methods & research: the validation square. In: ASME Design Engineering Technical Conferences, Sept.10-14, 2000, Baltimore, Maryland. Baltimore, p. 1-12, 2000.

SCHÖN, D. A. The reflective practitioner: how professional think in action. New York, Basic Books, 1983.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Oportunidades para o setor moveleiro. 2014. Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2014.

VISSER, Froukje S. et al. Contextmapping: experiences from practice. CoDesign, v. 1, n. 2, p. 119-149, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.