Design de Exposição na Arte e Tecnologia Digital: uma prática em construção

Valéria Boelter

Resumo


As exposições contemporâneas utilizam cada vez mais diferentes mídias digitais em suas montagens. Elas podem ser usadas como artifício para tornar a exposição mais interativa, ou como sistema nas obras criadas pelos artistas que se utilizam dessa tecnologia, com o mesmo propósito de gerar ambientes em que o público possa ter experiências interativas. Esse artigo é parte do resultado da dissertação de mestrado intitulada “Expografia na contemporaneidade: propostas em arte e tecnologia digital”, tem como objetivo investigar os profissionais, escritórios e cursos especializados no projeto e montagem da expografia dessas exposições e que possam contribuir para a teoria e prática do design de exposição das mostras em arte e tecnologia digital. 


Palavras-chave


Expografia, Arte e Tecnologia Digital, Design de Exposição

Texto completo:

PDF

Referências


BEDNO, Jane H. Museum Intemacional, Una formación para una profesión, nº 185 (vol. 47). Paris: UNESCO, 1995.

BEIGUELMAN, Giselle; MAGALHÃES, Ana Gonçalves (Org.). Futuros Possíveis: arte, museus e arquivos digitais. São Paulo: EdUSP/FAPESP, 2014.

BARRANHA, Helena, MARTINS, Susana S., RIBEIRO, António Pinto. Museus sem lugar ensaios, manifestos e diálogos em rede. Lisboa: Unplace, 2015.

CASTILLO, Salcedo Del. A arte de Expor: curadoria como expoesis. Rio de Janeiro: Ed. Nau, 2015.

CATRICALÀ, Valentino. media art: towards a new definition of arts in the age of technology. Roma, Fondazione Mondo Digitale. 2015

DOMINGUES, Diana. A arte no século XXI‬: a humanização das tecnologias‬. São Paulo: UNESP, 1997.‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬

DOMINGUES Diana. Arte, Ciência e Tecnologia‬: passado, presente e desafios‬. São Paulo: UNESP, 2009.‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬

DREHER, THOMAS. History of Computer Art. Creative Commons , München, 2014.

GASPARETTO, D.A. 'Curto-circuito' da arte digital no Brasil. Santa Maria: Editora Pallotti, 2014.

GASPARETTO, D.A. Arte ciência e tecnologia: o sistema de arte em perspectiva. Santa Maria: Editora Lab Piloto, 2014.

HUGHES, P. Exhibition Design. London: Laurence King Publishing, 2010.

MENDES, Luis Marcelo [org], Reprograme: Comunicação, Branding e Cultura numa nova era de museus. Rio de Janeiro: Ímã Editoria, 2012.

MENDES, Luis Marcelo [org], Tecnologia, Inovação e Cultura numa Nova Era de Museus. Rio de Janeiro: Ímã Editoria, 2015.

PERISSINOTTO Paula e Ricardo Barreto. Teoria Digital: dez anos do FILE Festival Internacional de Linguagem Eletrônica. São Paulo. Imprensa Oficial, 2010.

SANTOS, Franciele Filipini dos. Arte Contemporânea em Diálogo com as Mídias Digitais: concepção artística/curatorial e crítica. Santa Maria: Gráfica Editora Pallotti, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.